Mais Médicos: brasileiros devem se apresentar a partir desta semana

Profissionais com registro no Brasil inscritos na segunda chamada do Programa Mais Médicos devem se apresentar a partir desta semana aos municípios. De acordo com o Ministério da Saúde, o prazo vai até a próxima quinta-feira (10).

Médicos que decidirem não comparecer mais às atividades devem informar ao município onde trabalharia, que fica encarregado de comunicar a desistência ao governo federal.

Segundo o Ministério da Saúde, candidatos que desistirem dos postos terão as vagas colocadas de volta ao edital do Mais Médicos. O sistema será atualizado com as vagas disponíveis para os profissionais formados no exterior.

A previsão é que a lista de médicos brasileiros homologados que deram início às atividades seja publicada no próximo dia 14.
A seleção

O ministério lançou, desde novembro, editais para a substituição de 8.517 cubanos que atuavam em 2.824 municípios e 34 distritos sanitários especiais indígenas (DSEI). Inicialmente, concorreram apenas médicos brasileiros com registro no país. Um novo edital, em andamento, seleciona também profissionais formados no exterior.
Novo ministro

Ao assumir o comando da pasta, o médico Luiz Henrique Mandetta disse, na última quarta-feira (2), que pretende revisar o Mais Médicos e rebateu a afirmação de que faltam profissionais no Brasil. Segundo ele, o país conta com aproximadamente 320 faculdades de medicina e 26 mil médicos graduados em 2018, com previsão de aumento desse contingente em 10% ao ano até chegar a 35 mil profissionais formados.

"Quem forma essa quantidade toda de profissionais? Muitos deles endividados pelo Fies [Fundo de Financiamento Estudantil] e muitos formados em escola pública. Não temos uma proposta ou política de indução para que eles venham para o sistema público de saúde."


Fonte: www.radiobarrigaverde.com.br

Outras Notícias

Aluna ameaça realizar massacre em escola no RS

Algumas imagens que circularam pelo aplicativo de bate papo WhatsApp nos últimos dias levaram professores da Escola E...

Bretas mandou grampear oito celulares de Temer antes da prisão

Um dia antes da prisão do ex-presidente Michel Temer, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio, autorizou que...

Lama da barragem de Brumadinho contamina Rio São Francisco

Após decretar a morte do rio Paraopeba, por causa da lama que desceu da Barragem da Vale, em Brumadinho, na Grande BH...

Moradora de Monte Carlo afirma ter visto lobisomem em rodovia da região

Uma moradora de Monte Carlo publicou, em seu perfil no Facebook, que viu um lobisomem, em uma rodovia da região. S...

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos

O mercado de trabalho é mais severo com as pessoas de 18 a 24 anos. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica A...

Dois alunos de escola em Suzano permanecem internados em São Paulo

Dois alunos feridos no atentado ocorrido na Escola Estadual Professor Raul Brasil, no município de Suzano, no último ...

Conselho Europeu analisa proposta britânica para adiar Brexit

O Conselho Europeu se reúne hoje (21) para analisar a proposta da primeira-ministra britânica, Theresa May, para adia...

Policiais civis participam de treinamento

Doze policiais civis dos municípios de Ponte Serrada, Xanxerê, Xaxim e Abelardo Luz participaram, nesta quarta-feira ...

Detran lança versão digital de documento do veículo

Alinhado à modernização e inovação dos serviços públicos, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Santa Catar...

Comissão Europeia multa Google em 1,49 bilhão de euros

A Comissão Europeia multou o Google em 1,49 bilhão de euros por violar as regras antitruste (formação de cartéis, tru...

Bolsonaro avalia versão final da reforma previdenciária dos militares

O presidente Jair Bolsonaro reuniu hoje (20), no Palácio da Alvorada, ministros de Estado e os comandantes da Forças ...

Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse hoje (20) que ao abrir mão do tratamento diferenciado que o...