Decreto de desativação das ADRs será publicado nos próximos dias

O decreto de desativação das Agências de Desenvolvimento Regional (ADR) deve ser publicado nos próximos dias. O processo, que faz parte da reforma administrativa do governo Moisés e Daniela, foi encaminhado para a análise da Procuradoria Geral do Estado. O decreto visa racionalizar os recursos públicos com a redução de estruturas e de cargos comissionados, integrando, desse modo, o pacote de medidas para equilibrar as finanças.
Nesta primeira etapa estão sendo extintos 132 cargos em comissão, distribuídos nas 20 ADRs. Ao final, isto é, com a desativação, serão extintos mais 80 cargos comissionados. O impacto financeiro de todas as medidas só poderá ser determinado no fim do processo.


Os serviços

Para garantir a continuidade dos serviços prestados à população e permitir as atividades fins das secretarias setoriais e entidades da administração pública estadual indireta, o decreto estabelece um prazo para encerramento do processo de desativação das ADRs, e mantém uma equipe mínima composta por quatro gerentes: Administração, Finanças e Contabilidade; Saúde; Educação; e Infraestrutura.
A gerência de Administração, Finanças e Contabilidade de cada ADR será legalmente e juridicamente responsável pela estrutura até a desativação.

A partir do dia 1º de maio, as estruturas devem estar desativadas e as setoriais e entidades da administração direta que detêm a competência legal ou regimental devem assumir as competências de todas as ADRs desativadas, assim como os bens.

Grupo de coordenação

Um grupo de coordenação está sendo criado para auxiliar o processo com a responsabilidade de monitorar e fiscalizar os trâmites. Um representante da Secretaria de Estado da Administração (SEA) coordenará os trabalhos. A equipe será composta por representantes das setoriais, entidades da administração indireta e outros órgãos, como a Fundação Catarinense de Educação Especial, por exemplo.
Todo o processo de desativação será realizado por meio de ações contínuas e planejadas a serem informadas à SEA, com relatórios mensais apresentando as medidas adotadas e quais deverão abranger, como por exemplo, o planejamento conjunto, com vistas à continuidade do atendimento à população, mediante a transferência de responsabilidade e do correspondente orçamento.

Os órgãos centrais dos Sistemas Administrativos (Gestão Documental, Patrimonial, Material e Serviços, Gestão de Pessoas, Orçamentária, Financeira e Contábil), deverão editar os atos normativos complementares. Os membros do grupo não receberão qualquer tipo de remuneração por sua atuação.
Os bens e imóveis

Os representantes dos Sistemas Administrativos deverão receber um relatório constando todas as informações sobre os bens imóveis, com número de patrimônio, caracterização, localização e estado de conservação. A destinação será decidida após a análise e serão encaminhados conforme a necessidade de cada local. Isso inclui imóveis, veículos, bens móveis, materiais de consumo e permanente.
Servidores

A redistribuição dos servidores lotados nas ADRs vai ocorrer de acordo com o interesse da Administração Pública e mediante aprovação do órgão central do Sistema Administrativo de Gestão de Pessoas. Já os servidores de outros órgãos e entidades, em exercício nas ADRs, deverão voltar para seus locais de origem imediatamente após o encerramento de suas atividades.


Fonte: www.radiopiratuba.com.br

Outras Notícias

Governo está finalizando MP contra fraudes no INSS, diz Marinho

O secretário Especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse hoje (18) que o governo está trabalhando “nos...

Fux decide que não há urgência em ação contra posse de armas

O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, decidiu hoje (18) que não há urgência na ação...

Marciano, cantor sertanejo, morre aos 67 anos

'Nesse momento, agradecemos o carinho de todos e pedimos orações à família', informou comunicado. Cantor fez dupla co...

CHAPECÓ: Artista esculpe rosto de Cristo em árvore

Que tal estar caminhando e se deparar com o rosto de cristo esculpido em uma árvore? Varias pessoas estão fotografand...

Abono do Pis/Pasep começa a ser pago

Começa a ser pago nesta quinta (17) o abono salarial PIS do calendário 2018-2019, ano-base 2017, para os trabalhadore...

Suspeita de golpe envolvendo Correios em Concórdia

Os Correios de Concórdia afirmam que não há qualquer tipo de venda de caixas de correspondência no formato porta a po...

Delegado explica flexibilização da posse de armas

Muito temos lido, ouvido e visto na imprensa nacional, mas nada melhor que a explicação de uma autoridade local sobre...

Prefeito Rogério Pacheco dá ultimato à direção da Casan

O Prefeito Rogério Pacheco esteve em reunião nessa quarta, dia 16, em Florianópolis com o atual Presidente da Casan A...

Policial salva duas crianças vítimas de afogamento

O cabo Manoel Aparecido Moreno Holzapfel, que é lotado no 17° Batalhão de Polícia Militar (BPM) e estava de folga pas...

DIVE/SC orienta população sobre os riscos de acidentes com animais peçonhentos

Durante o verão, período mais quente e mais chuvoso do ano, aumenta o número de acidentes com animais peçonhentos, ta...

Três novos casos de raiva bovina confirmados em Campos Novos

Três novos casos de raiva em bovinos foram confirmados em três propriedades rurais diferentes, na localidade de Guara...

É possível clonar o WhatsApp de alguém?

Clonar o WhatsApp é uma forma de acessar a conta de outra pessoa no aplicativo sem ela saber. Esse tipo de golpe já a...