STF concede prisão domiciliar a presas grávidas ou com filhos de até 12 anos

Mulheres presas que aguardam julgamento e que estejam grávidas, recém-paridas ou sejam mães de crianças com até 12 anos ou de pessoas com deficiência vão passar do regime fechado à prisão domiciliar.



A decisão é da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal. O julgamento de habeas corpus coletivo ocorreu nesta terça-feira. Quatro dos cinco ministros votaram nesse sentido.



O relator, ministro Ricardo Lewandoski, citou dados do Infopen, pesquisa do Ministério da Justiça, que mostra uma estrutura deficiente do sistema penitenciário para atendimento das mulheres e suas crianças, como a ausência de berçário, creche e espaço para gestante. Outro dado é que 70% das presas no Brasil, são detidas por tráfico sem prática de violência, o que tornaria desnecessária a prisão preventiva, segundo o ministro. Ele ainda citou exemplos levantados por pesquisadores.



A decisão foi estendida a adolescentes que cumprem medida socioeducativa no sistema fechado, mas o habeas corpus não é incondicional. Ele não vale para as acusadas de crimes cometidos com violência ou grave ameaça; que tiveram como vítimas seus descendentes ou em casos especialíssimos a serem analisados. O pedido foi feito pelo Coletivo de Advogados de Direitos Humanos e acompanhado pela Defensoria Pública da União.



Não se tem um número exato de mulheres a serem beneficiadas com a medida. O Conselho Nacional de Justiça calcula cerca de 600 presas grávidas ou amamentando no sistema penitenciário brasileiro.



Levantamento de entidades da sociedade civil estima em mais de 4 mil mulheres as que se enquadram, contanto com as mães. O defensor público geral federal, Carlos Eduardo Paes, disse que a decisão é histórica, e que a criança é a parte mais beneficiada.



O defensor também afirmou que, para futuros casos, os defensores do país ganharam uma jurisprudência importante, e comemorou a aceitação do habeas corpus de forma coletiva, o que também deve influenciar em outros processos.



Todos os órgãos judiciários do país devem atender a determinação em 60 dias , inclusive a Justiça Militar.

Fonte - Radio Agencia Nacional

Outras Notícias

Parente é indicado para assumir comando da BRF

O ex-presidente da Petrobras, Pedro Parente, foi indicado pelo Conselho de Administração da BRF para assumir a presid...

Secretaria da Agricultura instala placas na nascente do Rio Capinzal

A Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente de Capinzal desenvolveu ações de conscientização durante a Semana Naciona...

Marinha emite alerta de ventos fortes e mar grosso para o Litoral Sul de Santa Catarina

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), emitiu neste domingo (10) um alerta de vento...

Governo cancela gastos públicos e corta benefícios ao exportador para viabilizar diesel mais barato

O governo federal informou nesta quinta-feira (31) que decidiu acabar com benefícios para a indústria química, quase ...

Paulo Preto é preso novamente em operação da Polícia Federal

O ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, e a sua filha foram presos na manhã desta quarta-feira (30), em São Pau...

Petroleiros ignoram decisão da Justiça e entram em greve

Os petroleiros ignoraram a decisão do TST (Tribunal Superior do Trabalho) e entraram em greve nesta quarta-feira (30)...

Em véspera de feriado, postos recebem gasolina e caminhoneiros seguem em protesto; veja os impactos do 10º dia de greve em SC

os caminhoneiros mantêm os protestos pelo 10º dia em Santa Catarina nesta quarta-feira (30), véspera de feriado prolo...

Paralisação de caminhoneiros é apoiada por 87% dos brasileiros, aponta Datafolha

O apoio dos brasileiros ao movimento dos caminhoneiros é de 87 por cento, e mais da metade da população defende que a...

Alunos realizam ato em apoio aos caminhoneiros em Joaçaba

Na manhã festa terça-feira, 29, os alunos do terceiro ano do ensino médio, segundo ano do ensino médio e o primeiro a...

Mobilização em apoio aos caminhoneiros é realizada em Ipira

Ipira – A paralisação dos caminhoneiros chega ao seu nono dia nesta terça-feira (29/05), recebendo apoio da sociedade...

Prefeitura de Ouro decreta situação de emergência

Na manhã desta segunda-feira (28), a Coordenadora da Defesa Civil do município de Ouro, Ana Carolina Colombo, juntame...

Acats estuda redução do horário de atendimento dos supermercados em SC

Com o prolongamento da greve dos caminhoneiros, a situação do estoque dos supermercados em Santa Catarina é cada vez ...