Sul representa 25% do déficit previdenciário do país

Dos seis estados brasileiros com o maior déficit previdenciário, três são da região Sul, conforme estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). Ao todo, a dívida dos gaúchos, catarinenses e paranaenses é equivalente a 25% do rombo, representando R$ 19,7 bilhões dos R$ 77,8 bilhões do déficit da Previdência pública dos governos estaduais, incluindo a aposentadoria dos três Poderes. A análise levou em conta dados de 2017. Confira o estudo completo.


São Paulo registrou o maior rombo em 2017, com déficit de R$ 18 bilhões. Os gaúchos tiveram o segundo maior dado negativo, com R$ 11,1 bilhões. Comparativamente, ainda que o rombo de São Paulo seja maior, o custo anual por habitante é de R$ 436, menos da metade do custo do Rio Grande do Sul. Depois, aparecem os estados do Rio de Janeiro, com R$ 10,6 bilhões, de Minas Gerais, com R$ 8,2 bilhões. Fechando o ranking das piores posições, estão o Paraná, com R$ 4,8 bilhões, e Santa Catarina, com R$ 3,8 bilhões. Conforme o estudo, apenas Amapá, Roraima, Rondônia e Tocantins registravam superávit na Previdência em 2017.

Na relação entre ativos e inativos, mais uma amarga colocação de liderança para o Rio Grande do Sul: no estado, há aproximadamente dois aposentados para cada ativo. Ao passo que Santa Catarina também entra no grupo dos estados onde os segurados pela previdência superam o número de ativos, com coeficiente de 1,06. Já o Paraná apresenta um número menor de aposentados e pensionistas por ativo, com coeficiente de 0,68.

Sob a óptica do custo per capita, o Rio Grande do Sul encabeça o ranking, gastando R$ 1.038 por habitante. Em seguida, aparece o Distrito Federal, com R$ 883, e Santa Catarina, com R$ 615. Paraná figura na quinta posição, com R$ 461.

Sete estados já decretaram calamidade financeira – Rio Grande do Norte, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Mato Grosso e Roraima. Para a Firjan, o rápido crescimento das despesas de pessoal, nos últimos anos, tem sido o principal vilão para o equilíbrio fiscal dos estados.

Fonte: noticiahoje.net

Outras Notícias

Detran implanta sistema para coibir adulteração de quilometragem

Para coibir a prática criminosa de adulteração no hodômetro dos veículos, o Detran implantou o sistema de validação d...

PIB cai 0,1% no primeiro trimestre do ano

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que soma todos os bens e serviços produzidos no país, recuou 0,1% no primei...

Estudantes têm até hoje para se inscrever no Enem 2019

Hoje (17) é o último dia para os estudantes se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. As ins...

Inep tem novo presidente

O Ministério da Educação informou hoje (17) que Alexandre Ribeiro Pereira Lopes será o novo presidente do Instituto N...

Inep tem novo presidente

O Ministério da Educação informou hoje (17) que Alexandre Ribeiro Pereira Lopes será o novo presidente do Instituto N...

Aumento do uso de aplicativos reduz mortes no trânsito, diz pesquisa

Pesquisa feita pelo Datafolha para o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) revela que, na região metropoli...

Escolas no DF poderão ter revista de alunos e mais presença policial

A rede de ensino público do Distrito Federal deverá adotar até o final deste mês novas regras no regimento escolar pr...

China reage a Trump e aumenta tarifas sobre produtos dos EUA

Em resposta à mais recente taxação sobre produtos chineses anunciada pelos Estados Unidos (EUA), a China afirmou ont...

Natureza beneficia bem-estar e saúde da população, mostra pesquisa

Estudo tem demonstrado como o contato com a natureza, mesmo que indiretamente, por imagens, pode ajudar a melhorar o ...

Preço da gasolina aumenta oito centavos na média em abril

Impactado pela alta frequente do dólar, o preço dos combustíveis, mas em especial o da gasolina, segue aumentando em ...

Em abril, a Usina Machadinho repassou R$ 1,45 milhões a título de compensação financeira

A Usina Hidrelétrica Machadinho – Carlos Ermírio de Moraes repassou no mês de abril de 2019 aproximadamente R$ 1,45 m...

Vendas do comércio crescem 0,3% de fevereiro para março, diz IBGE

O volume de vendas do comércio varejista brasileiro cresceu 0,3% na passagem de fevereiro para março deste ano, segun...