Preço da gasolina aumenta oito centavos na média em abril

Impactado pela alta frequente do dólar, o preço dos combustíveis, mas em especial o da gasolina, segue aumentando em todo o país. Em Concórdia, não é diferente. Na média final para o mês de abril, novamente o produto voltou a registrar alta, incomodando o bolso do consumidor, aponta levantamento feito pela reportagem através dos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Subindo pelo segundo mês seguido, a gasolina alcançou, no mês que passou, R$ 4,36 de média por litro em Concórdia. Esse valor é oito centavos mais caro do que a média de março. No total, a agência pesquisou 30 postos, onde o produto era encontrado variando entre R$ 4,19 e R$ 4,63. No estado, o preço ficou empatado com o de Florianópolis como os mais caros.

A maior alta do mês ficou para o etanol. Alternativa para muitos motoristas quando a gasolina sobe, este produto chegou a R$ 3,77 de média em abril, nove centavos a mais do que em março. Foram consultados 15 postos. Neles, o valor por litro variava entre R$ 3,65 e R$ 4,13. O etanol concordiense, no entanto, é o mais caro de Santa Catarina.

O diesel também registrou alta no mês anterior. O litro do produto atingiu R$ 3,52 de média, seis centavos a mais do que em março. A agência consultou 20 postos de combustíveis. O menor preço encontrado foi de R$ 3,39, enquanto que o maior foi R$ 3,65. A boa notícia pro consumidor é que, no Estado, o diesel concordiense está longe de ser o mais caro: está em oitavo lugar.

A Petrobras informa que leva em consideração em sua política de preços o chamado Preço Paridade Internacional (PPI), influenciado por fatores como câmbio e o preço do barril de petróleo no mercado internacional. A companhia utiliza ainda mecanismos de proteção através de derivativos financeiros para reduzir a frequência dos reajustes.

Fonte: radiorural.com.br

Outras Notícias

Detran implanta sistema para coibir adulteração de quilometragem

Para coibir a prática criminosa de adulteração no hodômetro dos veículos, o Detran implantou o sistema de validação d...

PIB cai 0,1% no primeiro trimestre do ano

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que soma todos os bens e serviços produzidos no país, recuou 0,1% no primei...

Estudantes têm até hoje para se inscrever no Enem 2019

Hoje (17) é o último dia para os estudantes se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. As ins...

Inep tem novo presidente

O Ministério da Educação informou hoje (17) que Alexandre Ribeiro Pereira Lopes será o novo presidente do Instituto N...

Inep tem novo presidente

O Ministério da Educação informou hoje (17) que Alexandre Ribeiro Pereira Lopes será o novo presidente do Instituto N...

Aumento do uso de aplicativos reduz mortes no trânsito, diz pesquisa

Pesquisa feita pelo Datafolha para o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) revela que, na região metropoli...

Escolas no DF poderão ter revista de alunos e mais presença policial

A rede de ensino público do Distrito Federal deverá adotar até o final deste mês novas regras no regimento escolar pr...

China reage a Trump e aumenta tarifas sobre produtos dos EUA

Em resposta à mais recente taxação sobre produtos chineses anunciada pelos Estados Unidos (EUA), a China afirmou ont...

Natureza beneficia bem-estar e saúde da população, mostra pesquisa

Estudo tem demonstrado como o contato com a natureza, mesmo que indiretamente, por imagens, pode ajudar a melhorar o ...

Em abril, a Usina Machadinho repassou R$ 1,45 milhões a título de compensação financeira

A Usina Hidrelétrica Machadinho – Carlos Ermírio de Moraes repassou no mês de abril de 2019 aproximadamente R$ 1,45 m...

Vendas do comércio crescem 0,3% de fevereiro para março, diz IBGE

O volume de vendas do comércio varejista brasileiro cresceu 0,3% na passagem de fevereiro para março deste ano, segun...

Ainda sem regras, patinetes elétricos invadem cidades e viram febre

Quem anda pelo centro de grandes cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, certamente, já esbarrou em patine...