BRF e Marfrig negociam fusão


União geraria empresa com faturamento anual de R$ 76 bilhões.


Por Ederson Vilas Boas
Em 31/05/2019 - 06h55 - Atualizada em 31/05/2019 - 11:02
Fonte Menor Fonte Maior Imprimir Indicar Comunicar erro na notícia
FACEBOOKTWITTER


BRF/Divulgação


A BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, e a Marfrig anunciaram nesta quinta-feira (30) que iniciaram discussões para uma possível fusão. A união das duas geraria uma empresa com faturamento anual de cerca de R$ 76 bilhões.

Em comunicado ao mercado, as duas empresas divulgaram que seus conselhos de administração aprovaram a assinatura de um memorando que prevê exclusividade nas tratativas por 90 dias, prorrogáveis por outros 30. Durante esse período, nenhuma das duas companhias poderá negociar com terceiros.

Se o acordo se concretizar, a relação de troca de ações entre elas deverá considerar a cotação média das ações das empresas nos últimos 45 dias (entre 15 de abril e 29 de maio). Ao fim da transação, os atuais acionistas da BRF terão 84,98% da nova empresa, enquanto os sócios da Marfrig deterão 15,02% restantes.

A BRF é líder na produção de carne de frango e suína no Brasil, enquanto a Marfrig é vice-líder mundial no segmento de carne bovina, atrás apenas da JBS.

No comunicado, as empresas dizem que a combinação dos negócios deve resultar em ganhos de sinergias "operacionais e financeiras" e que as duas se complementam em produtos, serviços e diversificação geográfica, com relevância no Brasil, Estados Unidos, América Latina, Oriente Médio e Ásia.


Gigante no setor

Em 2018, a BRF teve uma receita líquida R$ 34,5 bilhões. Já o faturamento da Marfrig somou R$ 29,7 bilhões, mas o valor chegaria a R$ 41,4 bilhões se incorporados os números da americana National Beef, comprada pela brasileira em meados do ano passado. Portanto, juntas, duas teriam uma receita potencial de R$ 76 bilhões ao ano.

A BRF amargou um prejuízo de R$ 4,46 bilhões no ano passado, enquanto a Marfrig lucrou R$ 1,39 bilhão.

A BRF produz mais de 5 milhões de toneladas de alimentos por ano e tem 32 fábricas no Brasil e cinco no exterior (uma nos EUA, uma nos Emirados Árabes, três na Turquia e uma na Malásia), além de 20 centros de distribuição no país e 27 no mundo.

Ao fim do ano passado, a Marfrig tinha capacidade de abater de 33,5 mil bovinos e de produzir 232 mil toneladas de hambúrguer por dia. A empresa tem 10 centros de distribuição e escritórios no Brasil, EUA, Chile, Uruguai e Argentina.

26ª maior do Brasil

A junção da BRF com a Marfrig dariam origem à segunda maior empresa do setor no Brasil em valor de mercado, atrás da JBS, segundo dados da Economatica.

O atual valor da BRF é de R$ 23 bilhões, enquanto a Marfrig vale R$ 4 bilhões – o que resultaria numa soma de R$ 27 bilhões. O valor de mercado da JBS é de R$ 59 bilhões.

Considerando todas as empresas da bolsa, a companhia seria a 26ª colocada no ranking por maior valor de mercado – um ganho de 6 posições em relação ao 32º lugar ocupado hoje pela BRF.

Ainda de acordo com o levantamento, o valor de mercado em dólar da empresa resultante da fusão ultrapassaria o da Pilgrim’s, dos Estados Unidos. Com isso, a companhia seria a 4ª maior em valor de mercado das Américas.


Histórico

A BRF vive uma crise de gestão. A empresa vem acumulando sucessivos prejuízos e passou por trocas de comando recentemente. Neste ano, se desfez de ativos na Tailândia e, no fim do ano passado, vendeu duas operações na Argentina – uma delas, para a Marfrig.

No ano passado, a compra da National Beef rendeu à Marfrig o posto de segunda maior processadora de carne do mundo. Mas, para manter as finanças saudáveis após o negócio bilionário, a companhia vendeu sua participação na Keystone Foods.

Fonte: Radio Rural

Outras Notícias

Ouro: Educação realizou o 2º Encontro de Integração Família e Escola

A Rede Municipal de Ensino de Ouro retomou as atividades na última segunda-feira (29) e já na sexta (02) foi realizad...

SESI e SENAI trazem para Capinzal o Espaço de Educação Maker

Através de uma parceria entre o SESI e SENAI, chegou em Capinzal, o Espaço de Educação Maker, trazendo uma proposta d...

Israel inicia polêmica demolição de casas palestinas

As autoridades israelenses iniciaram nesta segunda-feira (22) a polêmica demolição de dezenas de moradias palestinas...

Gestão financeira para escolas pode melhorar desempenho e reduzir a inadimplência

Dados do Indicador de Inadimplência da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ...

Instagram começa testes para ocultar número de curtidas no Brasil

O Instagram inicia nesta quarta-feira (17) no Brasil um teste que oculta a contagem de curtidas em postagens. De acor...

Cidades de Santa Catarina registram temperaturas negativas nesta quarta

A presença de um ar frio e seco garantiu um amanhecer gelado. Durante a tarde, como o sol aparece, a temperatura aume...

Quando um embaixador é vetado?

Senado rejeitou nomes indicados por Jânio Quadros e Dilma Rousseff. O primeiro caso tem mais em comum com a indicação...

Guterres pede mais ação pelo clima e cita onda de calor na Europa

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, e os ministros das Relações Exteriores da França, Jean-Yves L...

Mercosul e UE fecham maior acordo entre blocos do mundo

Os países do Mercosul e da União Europeia formarão uma das maiores áreas de livre comércio do planeta a partir do aco...

Facebook anuncia criptomoeda em parceria com outras empresas

O Facebook divulgou hoje (18) os detalhes de sua iniciativa para criação e gestão de uma criptomoeda própria, que gan...

STJ decide que acusados do incêndio na Boate Kiss vão a júri popular

Por unanimidade, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, hoje (18), que quatro investigados pelo...

Lions Clube Capinzal/Ouro recolheu quase 7 toneladas de lixo eletrônico

O Lions Clube Capinzal/Ouro realizou nesta quarta-feira (12) mais uma Campanha de Recolhimento de Lixo Eletrônico. A ...