Gestão financeira para escolas pode melhorar desempenho e reduzir a inadimplência

Dados do Indicador de Inadimplência da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apontam que o Brasil encerrou 2018 com 4,41% de consumidores com contas em atraso a mais em comparação com o ano anterior, sendo a maior elevação dos últimos sete anos. Entre os setores da economia que são impactados frequentemente pelo problema está o educacional.

Para Marcelo Barroso, diretor da CLATHE Consultoria Empresarial, empresa que realiza a gestão financeira para escolas e demais instituições de ensino, os educadores que desejam minimizar o problema têm a tecnologia como grande aliada.


Para ele, a inadimplência escolar é muitas vezes causada por motivos passíveis de serem rapidamente eliminados, como o não recebimento da fatura de cobrança pelos pais, ou a falta de um controle efetivo dos recebimentos.

"Muitas escolas ainda hoje recebem os pagamentos em cheques enviados nas agendas dos alunos, depois levados pessoalmente ao banco, além de emitirem nota de cobrança de mensalidade e ou realizarem cadastros manualmente. Isso, além de dar morosidade ao processo financeiro da escola, e riscos de não recebimento de mensalidades, coloca os educadores submersos em tarefas operacionais ao invés da coordenação e execução das atividades pedagógicas da escola. Ou seja, a automação também pode impactar no melhor no desempenho da equipe pedagógica", destaca o especialista.

Dicas aos educadores:

Para quem optar pelo uso da tecnologia para dinamizar os processos de cobrança escolares, Barroso indica a contratação de uma gestão financeira para escolas. Ele destaca alguns benefícios, como:

1) um serviço de cobrança automatizado é capaz de gerar ações assertivas sobre as pendências financeiras da escola, pois possuem sistemas operacionais para serem implementados na estruturação de contas a receber, emissão das notas fiscais, controle dos recebimentos, análise do desempenho dos negócios e projeção dos fluxos de caixa para subsidiar decisões da diretoria, em um processo eletrônico das rotinas gerenciais e financeiras da instituição.

2) A automação escolar facilita a vida de pais de alunos na tarefa de lembrar do pagamento das mensalidades ou mesmo efetivar o pagamento de forma online e muito mais ágil.

"A tecnologia elimina diversos gargalos. Por exemplo, a diretoria pode estabelecer que os pais recebam os boletos por canais eletrônicos, como SMS ou WhatsApp, com vários dias de antecedência, aparecendo também automaticamente no sistema do banco que eles utilizam. Após a confirmação do pagamento pelo sistema, a nota fiscal pode ser enviada automaticamente para os pais, e a escola recebe o relatório com os status dos pagamentos. Um processo simples, que não acontece em grande parte das instituições", explica.

3) O especialista explica ainda que a estruturação de um sistema de gestão financeira escolar admite opções como pagamento em débito automático por meio de meios de pagamento inovadores e mais dinâmicos.

"Além de evitar riscos e prevenir erros, isso colabora para uma imagem de seriedade e de organização da escola", frisa.

Sobre a CLATHE Consultoria Empresarial:

A CLATHE Consultoria Empresarial é uma empresa especializada em gestão financeira para escolas e pequenas e médias empresas, em serviços de faturamento, cobrança, contas a pagar, conciliação bancária, gestão de contratos e integração contábil. Mais informações em https://clathe.com/



Website: https://clathe.com/

Outras Notícias

Capinzal: Campanha Outubro Rosa entra na terceira semana com diversas atividades

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Capinzal está dando sequência e entrando na terceira semana da Campanha de Co...

Ouro: Educação realizou o 2º Encontro de Integração Família e Escola

A Rede Municipal de Ensino de Ouro retomou as atividades na última segunda-feira (29) e já na sexta (02) foi realizad...

SESI e SENAI trazem para Capinzal o Espaço de Educação Maker

Através de uma parceria entre o SESI e SENAI, chegou em Capinzal, o Espaço de Educação Maker, trazendo uma proposta d...

Israel inicia polêmica demolição de casas palestinas

As autoridades israelenses iniciaram nesta segunda-feira (22) a polêmica demolição de dezenas de moradias palestinas...

Instagram começa testes para ocultar número de curtidas no Brasil

O Instagram inicia nesta quarta-feira (17) no Brasil um teste que oculta a contagem de curtidas em postagens. De acor...

Cidades de Santa Catarina registram temperaturas negativas nesta quarta

A presença de um ar frio e seco garantiu um amanhecer gelado. Durante a tarde, como o sol aparece, a temperatura aume...

Quando um embaixador é vetado?

Senado rejeitou nomes indicados por Jânio Quadros e Dilma Rousseff. O primeiro caso tem mais em comum com a indicação...

Guterres pede mais ação pelo clima e cita onda de calor na Europa

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, e os ministros das Relações Exteriores da França, Jean-Yves L...

Mercosul e UE fecham maior acordo entre blocos do mundo

Os países do Mercosul e da União Europeia formarão uma das maiores áreas de livre comércio do planeta a partir do aco...

Facebook anuncia criptomoeda em parceria com outras empresas

O Facebook divulgou hoje (18) os detalhes de sua iniciativa para criação e gestão de uma criptomoeda própria, que gan...

STJ decide que acusados do incêndio na Boate Kiss vão a júri popular

Por unanimidade, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, hoje (18), que quatro investigados pelo...

Lions Clube Capinzal/Ouro recolheu quase 7 toneladas de lixo eletrônico

O Lions Clube Capinzal/Ouro realizou nesta quarta-feira (12) mais uma Campanha de Recolhimento de Lixo Eletrônico. A ...