Projeto que altera o Estatuto do Desarmamento deve ser votado em 2019, diz deputado de SC

O deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC), autor do projeto de lei que flexibiliza o Estatuto do Desarmamento, divulgou na manhã desta segunda-feira (5) que vai tentar retardar a votação da proposta neste ano. De acordo com ele, a decisão foi tomada durante uma conversa com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Dentre todas as ideias já propostas para flexibilizar ou revogar o Estatuto do Desarmamento, a de Peninha é a que está em fase mais adiantada na Câmara dos Deputados. O projeto está pronto para ser analisado no Plenário. Caso aprovado, passará pelo Senado e, se não houver mudanças, seguirá, na sequência, para a sanção ou veto presidencial.

De acordo com Peninha, a decisão foi tomada para esperar que os novos deputados eleitos tomem posse. A expectativa é de que os próximos parlamentares tenham perfil mais conservador. Para ele, isso poderia dar mais chances de a proposta ser aprovada a partir de 2019.
"Se forçássemos a barra para votar esse ano, haveria risco de a proposta ser rejeitada - e um trabalho de 6 anos iria pelo ralo. A composição do novo Congresso é mais conservadora. Com os novos deputados, as chances de aprovarmos o PL 3722 são bem maiores", escreveu em uma rede social.

Entenda o projeto

Se aprovado, o projeto de Peninha vai flexibilizar o Estatuto do Desarmamento, o qual determina, principalmente, que apenas agentes de forças de segurança pública podem ter o porte de armas legais. Para outros cidadãos, a possibilidade de andar armado nas ruas é altamente restrita, embora possível.

Com a proposta de Peninha, no entanto, o acesso às armas fica mais fácil. Atualmente, para comprar uma arma, é preciso ter, no mínimo, 25 anos de idade. Já o porte só é permitido para quem comprove, junto à Polícia Federal, a necessidade funcional ou o fato de viver sob uma situação de risco à própria vida.

A ideia do deputado catarinense é permitir a compra a partir de 21 anos e o porte depois dos 25. Há também novas regulamentações para quem quiser colecionar armas, que não constam no atual Estatuto do Desarmamento. O projeto de lei pode ser consultado na íntegra, no site da Câmara.

Fonte:www.radiopiratuba.com.br/

Outras Notícias

Aluna ameaça realizar massacre em escola no RS

Algumas imagens que circularam pelo aplicativo de bate papo WhatsApp nos últimos dias levaram professores da Escola E...

Bretas mandou grampear oito celulares de Temer antes da prisão

Um dia antes da prisão do ex-presidente Michel Temer, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio, autorizou que...

Lama da barragem de Brumadinho contamina Rio São Francisco

Após decretar a morte do rio Paraopeba, por causa da lama que desceu da Barragem da Vale, em Brumadinho, na Grande BH...

Moradora de Monte Carlo afirma ter visto lobisomem em rodovia da região

Uma moradora de Monte Carlo publicou, em seu perfil no Facebook, que viu um lobisomem, em uma rodovia da região. S...

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos

O mercado de trabalho é mais severo com as pessoas de 18 a 24 anos. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica A...

Dois alunos de escola em Suzano permanecem internados em São Paulo

Dois alunos feridos no atentado ocorrido na Escola Estadual Professor Raul Brasil, no município de Suzano, no último ...

Conselho Europeu analisa proposta britânica para adiar Brexit

O Conselho Europeu se reúne hoje (21) para analisar a proposta da primeira-ministra britânica, Theresa May, para adia...

Policiais civis participam de treinamento

Doze policiais civis dos municípios de Ponte Serrada, Xanxerê, Xaxim e Abelardo Luz participaram, nesta quarta-feira ...

Detran lança versão digital de documento do veículo

Alinhado à modernização e inovação dos serviços públicos, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Santa Catar...

Comissão Europeia multa Google em 1,49 bilhão de euros

A Comissão Europeia multou o Google em 1,49 bilhão de euros por violar as regras antitruste (formação de cartéis, tru...

Bolsonaro avalia versão final da reforma previdenciária dos militares

O presidente Jair Bolsonaro reuniu hoje (20), no Palácio da Alvorada, ministros de Estado e os comandantes da Forças ...

Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse hoje (20) que ao abrir mão do tratamento diferenciado que o...