Banco Central diz que diminuíram incertezas para a economia

Após as eleições, o Banco Central destacou que diminuíram as incertezas para a economia brasileira, com redução de preços de ativos, como o dólar. A afirmação consta na ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), divulgada hoje (6), em Brasília. Na última semana, o comitê decidiu manter a taxa básica de juros, a Selic, em 6,5% ao ano.

“Essa diminuição de incertezas contribuiu para redução do grau de assimetria no balanço de riscos para a inflação. Não obstante essa melhora, os membros do Copom concluíram que os riscos altistas para a inflação seguem com maior peso em seu balanço de riscos”, diz a ata.

Brasília - Edifício-sede do Banco Central do Brasil (Wilson Dias/Agência Brasil)
Passadas as eleições, Banco Central destacou que diminuíram as incertezas para a economia brasileira, com redução de preços de ativos, como o dólar (Arquivo/Wilson Dias/Agência Brasil)
No “balanço de riscos”, o Copom considera que o nível de ociosidade elevado da economia pode reduzir a inflação. Por outro lado, “uma frustração das expectativas sobre a continuidade das reformas e ajustes necessários na economia brasileira” pode elevar a inflação. “Esse risco se intensifica no caso de deterioração do cenário externo para economias emergentes [como o Brasil]”, acrescentou.

Conjuntura
Na ata, o Copom avaliou ainda que a conjuntura recomenda flexibilidade para a condução da política monetária (definição da taxa Selic). Por isso, optou por não sinalizar qual será seu próximo passo em relação à Selic.

“Os membros do Copom reforçaram a importância de enfatizar seu compromisso de conduzir a política monetária visando manter a trajetória da inflação em linha com as metas. Isso requer a flexibilidade para ajustar gradualmente a condução da política monetária quando e se houver necessidade”, destaca.

Segundo a ata, a inflação acumulada em 12 meses deve subir e atingir seu pico por volta do segundo trimestre de 2019. “A partir de então, a inflação acumulada em 12 meses deverá recuar ao longo do resto de 2019, em direção à meta”, acrescenta.

A meta de inflação, que deve ser perseguida pelo BC, é 4,5% este ano. Essa meta tem limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a meta é 4,25% com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%.

Cotação do dólar
O Copom também avaliou o repasse da variação da cotação do dólar para os preços da economia.

De acordo com a ata, “com exceção de alguns preços administrados, o nível de repasse tem se mostrado contido”.

“[Os membros do Copom] ponderaram, entretanto, que a intensidade do repasse de movimentos no câmbio para a inflação depende de vários fatores, como, por exemplo, o nível de ociosidade da economia e da ancoragem das expectativas de inflação”, diz a ata.

O Copom é formado pelos diretores e presidente do BC, Ilan Goldfajn. Eles são os responsáveis por definir a taxa Selic.

Essa taxa é o principal instrumento do BC para alcançar a meta de inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação.

A manutenção da taxa básica de juros indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Font: agenciabrasil.ebc

Outras Notícias

Forte calor antecede a passagem de uma frente fria

Uma intensa massa de ar quente e seco com característica tropical, favorece tempo firme com presença de sol, muito ca...

Mulher registra suposto golpe do aluguel em Concórdia

A Polícia Civil de Concórdia está investigando um possível golpe do aluguel. O fato foi registrado na Delegacia de Po...

Sine com mais de 100 vagas de emprego em Concórdia

Os 21 postos de execução direta do Sistema Nacional de Emprego (SINE) em Santa Catarina oferecem 1.389 vagas de traba...

Operação Anjos da Lei cumpre mandado em Concórdia

A Polícia Civil de Santa Catarina cumpre nesta terça-feira (13) mandados de prisão e busca e apreensão na Operação An...

Polícia Ambiental fiscaliza postos de combustíveis

Entre o fim do mês de outubro e o início do mês de novembro, a Polícia Militar Ambiental do Estado de Santa Catarina ...

PRF faz apreensão de carga de camarão contrabandeado da Argentina na BR-282 em Lages

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu na tarde desta segunda-feira (12) um caminhão Mercedes Benz/710 carregado com ...

Ônibus que transportava estudantes tomba à beira de açude no interior de Fraiburgo

Um acidente envolvendo ônibus escolar movimentou os bombeiros de Fraiburgo no início da tarde desta segunda feira, 12...

Comarca de Campos Novos concretizou 29 acordos durante Mutirão de Conciliação

O Juizado Especial da Comarca de Campos Novos (2ª Vara do Sistema de Juizado Especial) promoveu um Mutirão de Concili...

Motorista embriagado foi preso após se recusar a fazer teste do bafômetro e colocar em risco segurança de pedestres

Às 10h23 de segunda-feira (12), a Polícia Militar registrou ocorrência de embriaguez ao volante, na Rua João Gonçalve...

Acircan promove palestra sobre Novembro Azul

O Núcleo de Assistentes Sociais em parceira com Centro Médico Minha Essência, promovem na noite desta terça-feira (13...

Licitação para novo Mirante em Abdon Batista será no dia 19

Garantidos os recursos junto ao Ministério do Turismo, a Administração Municipal de Abdon Batista lançou, no final d...

TSE investiga contas de 163 políticos de SC com possíveis irregularidades

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está investigando as contas de, pelo menos, 163 políticos políticos catarinenses....