Maioria do TSE vota contra pedido para cassar chapa de Bolsonaro

A maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) votou nesta terça-feira (4) pelo arquivamento do pedido do PT para cassar a chapa do presidente eleito Jair Bolsonaro.
A decisão, contudo, foi adiada após o ministro Luiz Edson Fachin pedir vista, ou seja, mais tempo para analisar o caso. Não há data para a retomada do julgamento.

O PT argumenta que houve abuso de poder econômico porque o empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, apoiador de Bolsonaro, teria ameaçado demitir funcionários se eles não votassem no candidato do PSL.
Votos

Relator da ação, o ministro Jorge Mussi afirmou que para o abuso de poder ser confirmado é preciso comprovar a gravidade do fato e a influência no resultado da eleição.
"Embora não tenha dúvida de que o ato de coagir empregado pela iniciativa privada pode vir a retratar o abuso, é essencial demonstrar de forma robusta e concreta. Esse, contudo, não é o caso dos autos", disse.

Para o relator, as provas foram insuficientes para configurar o abuso de poder.
O voto foi acompanhado pelos ministros Og Fernandes, Admar Gonzaga, Tarcísio Vieira e Luís Roberto Barroso. Além de Fachin, falta o voto da presidente da Corte, ministra Rosa Weber.

Argumentos

No início do julgamento, o advogado Tiago Ayres, representando Bolsonaro, afirmou que a coligação adversária "pede muito", mas pouco comprova as alegações.

"Não há evidência alguma da participação do presidente eleito. Não há qualquer ilícito", disse.

"Não há pedido de voto, não há constrangimento", argumentou o advogado de Hang, Alisson Nichel

Fonte: https://www.radiopiratuba.com.br/

Outras Notícias

Calor e umidade provocam alguns temporais de verão

Uma intensa massa de ar quente e seco de origem tropical (sistema de alta pressão), favorece tempo firme com presença...

Casas pegam fogo e idoso morre em Xaxim

Um incêndio foi registrado na noite de terça-feira (11), por volta das 21h15 na rua Rio de Janeiro no bairro Chagas, ...

INSS já definiu calendário de pagamento de benefícios de 2019

O Instituto Nacional do Seguro Social já sabe em que datas serão feitos os pagamentos dos benefícios do ano que vem. ...

CCJ aprova prisão para quem divulgar fotos e vídeos de cadáveres na internet

A Comissão de Constituição e Justiça aprovou o projeto (PL 2175/15) que pune, com prisão, quem reproduz imagens avilt...

Candidatas à rainha e princesas do Kerb de Piratuba foram entrevistadas na Piratuba FM

Foram entrevistadas na manhã de hoje (12), dentro do Jornal Bom Dia, as candidatas à rainha e princesas, do 105º Kerb...

Piratuba recebe o vestibular solidário da UNOPAR

A Unopar realiza durante o dia de hoje (12), o "vestibular solidário". É a oportunidade para quem deseja ingressar na...

Piratuba : Plano Municipal de Emergência em Saúde Pública é homologado

A cerimônia de homologação do programa aconteceu nesta segunda-feira, (11) em Lages, região Serrana do estado. O Dire...

CONSEG de Capinzal presta homenagem aos ex-presidentes e demais voluntários

Reconhecimento, é a palavra que resume o evento realizado pelo Conselho Comunitário de Segurança (CONSEG) de Capinzal...

Câmara realiza nesta noite audiência pública para debater financiamento de R$ 11 milhões

A Câmara de Vereadores de Capinzal fará na noite desta quarta-feira (12) a partir das 19h, audiência pública para deb...

Homem perde a vida em acidente de trânsito no Acesso Cidade Alta, em Capinzal

Um homem morreu no começo da manhã desta quarta-feira (12) durante acidente de trânsito no Acesso Cidade Alta, em Cap...

Wilson Zamarki é o novo presidente da Câmara de Irani

O vereador Wilson Zamarki (PP) foi eleito para presidir o Poder Legislativo de Irani em 2019/2020. A Chapa 01 encab...

Projeto Concórdia Mais Segura de sistema é lançado

Foi apresentado na tarde desta segunda-feira, 10 de dezembro, o projeto Concórdia Mais Segura. O prefeito Rogério Pac...