Notícias
Nova Previdência fará PIB crescer 1,1 ponto percentual, diz boletim
  • Nova Previdência fará PIB crescer 1,1 ponto percentual, diz boletim

O mercado financeiro acredita que a reforma da Previdência vai potencializar o crescimento da economia. De acordo com pesquisa divulgada no Boletim Prisma Fiscal, da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia, com 64 analistas de mercado especializados em projeções fiscais, a aprovação da reforma representará ganho de 1,1 ponto percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, neste ano.

Para 2020, a previsão é de ganho de 3 pontos percentuais, comparando com um cenário em que não haja aprovação da reforma.

A pesquisa revela que, com a aprovação integral da proposta de reforma da Previdência, enviada pelo governo ao Congresso Nacional, o crescimento do país será de 2,10% em 2019; 3,50% em 2020; 3,45% em 2021; e 3% em 2022.

Por outro lado, sem a aprovação da proposta no Congresso, o crescimento será de 1% em 2019; 0,5% em 2020; 0,75% em 2021; e 1% em 2022.

Os analistas também projetaram o crescimento considerando aprovação parcial da Nova Previdência em 2019. Nesse caso, os números mostram a economia crescendo 1,95% em 2019; 2,8% em 2020; 2,7% em 2021; e 2,5% em 2022.

Geração de empregos
A partir dos dados coletados pelo Boletim Prisma Fiscal sobre o crescimento do PIB, a subsecretaria de Macroeconomia da SPE calculou as possíveis implicações em termos de geração de empregos no cenário com a Nova Previdência aprovada integralmente e no cenário sem a aprovação.

Os números mostram que, em 2022, caso o Congresso aprove o texto enviado pelo governo, o país poderá ter 4,3 milhões de empregos a mais, relativamente ao cenário sem a aprovação. Os novos empregos já começariam a surgir em 2019: cerca de 170 mil postos de trabalhos criados a mais com a aprovação do texto. Em 2020 o número sobe para 1,3 milhão; e em 2021 para 2,9 milhões.

Fonte: agenciabrasil.ebc

15/04/2019/ 15:33:18
Outras Notícias
  • Senado aprova suspender reajuste de remédios e planos de saúde
Senado aprova suspender reajuste de remédios e planos de saúde
03/06/2020/ 08:46:14

O ajuste anual de preços de medicamentos e de planos e seguros privados de saúde pode ser suspenso durante a pandemia de coronavírus. O Senado aprovou nesta terça-feira (2), com 71 votos a favor e 2 contrários, o PL 1.542/2020, do senador Eduardo Braga (MDB-AM). A proposta segue para a Câmara dos...

  • Bandeira tarifária verde será mantida no ano inteiro, anuncia ANEEL
Bandeira tarifária verde será mantida no ano inteiro, anuncia ANEEL
31/05/2020/ 19:26:34

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) decidiu manter a bandeira tarifária verde durante todo o ano de 2020. O anúncio foi feito nesta terça-feira (26/5), em Reunião Pública da Diretoria da ANEEL. Isso significa que as contas não devem ficar mais caras até o ano que vem. Normalmente, as bandeiras amarela e v...

  • Municípios contemplados com emendas especiais do governo federal têm até esta sexta-feira para confirmar interesse no benefício
Municípios contemplados com emendas especiais do governo federal têm até esta sexta-feira para confirmar interesse no benefício
22/05/2020/ 16:18:42

Termina, às 18h, desta sexta-feira (22) o prazo para que municípios beneficiados com emendas especiais do governo federal confirmem o interesse em receber os repasses na plataforma gov.br. Nesta primeira etapa, prefeituras devem indicar o banco e agência em que desejam receber os recursos. Segundo a Confederaçã...

  • CPI da compra dos respiradores de SC ouve representante de instituto e servidoras da Defesa Civil
CPI da compra dos respiradores de SC ouve representante de instituto e servidoras da Defesa Civil
20/05/2020/ 10:17:32

Nesta terça-feira (19), ocorreu a segunda sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) que investiga a compra de 200 respiradores pelo governo de Santa Catarina por R$ 33 milhões com dispensa de licitação. Três pessoas foram ouvidas.A CPI começo...