Notícias
Ainda sem regras, patinetes elétricos invadem cidades e viram febre
  • Ainda sem regras, patinetes elétricos invadem cidades e viram febre

Quem anda pelo centro de grandes cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, certamente, já esbarrou em patinetes elétricos, verdes ou amarelos, aparentemente largados pelas esquinas ou calçadas. A alternativa de transporte surgiu de forma discreta, levantando a curiosidade do brasileiro e, aos poucos, começou a cair no gosto popular, transformando-se em “febre”. Desde a chegada do serviço de aluguel desses equipamentos, é comum ver pessoas circulando rapidamente entre os pedestres ou mesmo entre os carros em pequenos patinetes elétricos.

Na avaliação de especialistas ouvidos pela Agência Brasil, a nova opção traz vantagens para a mobilidade de grandes cidades. Entretanto, é necessário que o Poder Público regulamente o uso do equipamento para que haja regras que garantam a segurança de usuários, motoristas e pedestres.

Professor do Programa de Engenharia de Transporte do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ronaldo Balassiano defende o aumento no número de opções de transporte, sobretudo nos locais onde os carros são os grandes poluidores.

Circulação com patinetes elétricos invadiram as ruas das grandes cidades nos últimos meses.
Circulação com patinetes elétricos invadiram as ruas das grandes cidades nos últimos meses. - Valter Campanato/Agência Brasil
“Do ponto de vista de se locomover em distâncias pequenas, entre 5 km ou 6 km, nas redondezas de casa ou do trabalho, o patinete traz uma contribuição boa para a mobilidade urbana. O grande problema é que as nossas autoridades, responsáveis por regular esses modos, continuam na idade da pedra. O patinete já vem sendo usado nos Estados Unidos e na Europa há alguns anos. Por que nós não nos preparamos para um mínimo de regulamentação?”, questionou.

Os equipamentos, alimentados por uma bateria, podem chegar a uma velocidade máxima de 20 km por hora, tornando difícil frear ou mesmo desviar de um obstáculo a tempo de evitar uma queda ou colisão.

Especialista em mobilidade, Balassiano destacou que a regulamentação do Poder Público trará mais segurança.

Segundo ele, não se trata de “engessar” o modo de transporte, mas evitar acidentes, uma vez que os patinetes alcançam velocidades muito altas para serem usados nas calçadas. “Se atropelar um idoso, uma criança ou uma gestante, a chance de acontecer um acidente grave é muito alta. Por outro lado, nas ruas, a gente sabe que os carros e os ônibus não respeitam nem as bicicletas, o que dirá os patinetes”, advertiu Balassiano.

Na avaliação dele, o ideal é que os patinetes trafeguem em ciclovias ou ciclofaixas, juntamente com as bicicletas.

Fonte: agenciabrasil.ebc

09/05/2019/ 09:55:35
Outras Notícias
  • Senado aprova suspender reajuste de remédios e planos de saúde
Senado aprova suspender reajuste de remédios e planos de saúde
03/06/2020/ 08:46:14

O ajuste anual de preços de medicamentos e de planos e seguros privados de saúde pode ser suspenso durante a pandemia de coronavírus. O Senado aprovou nesta terça-feira (2), com 71 votos a favor e 2 contrários, o PL 1.542/2020, do senador Eduardo Braga (MDB-AM). A proposta segue para a Câmara dos...

  • Bandeira tarifária verde será mantida no ano inteiro, anuncia ANEEL
Bandeira tarifária verde será mantida no ano inteiro, anuncia ANEEL
31/05/2020/ 19:26:34

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) decidiu manter a bandeira tarifária verde durante todo o ano de 2020. O anúncio foi feito nesta terça-feira (26/5), em Reunião Pública da Diretoria da ANEEL. Isso significa que as contas não devem ficar mais caras até o ano que vem. Normalmente, as bandeiras amarela e v...

  • Municípios contemplados com emendas especiais do governo federal têm até esta sexta-feira para confirmar interesse no benefício
Municípios contemplados com emendas especiais do governo federal têm até esta sexta-feira para confirmar interesse no benefício
22/05/2020/ 16:18:42

Termina, às 18h, desta sexta-feira (22) o prazo para que municípios beneficiados com emendas especiais do governo federal confirmem o interesse em receber os repasses na plataforma gov.br. Nesta primeira etapa, prefeituras devem indicar o banco e agência em que desejam receber os recursos. Segundo a Confederaçã...

  • CPI da compra dos respiradores de SC ouve representante de instituto e servidoras da Defesa Civil
CPI da compra dos respiradores de SC ouve representante de instituto e servidoras da Defesa Civil
20/05/2020/ 10:17:32

Nesta terça-feira (19), ocorreu a segunda sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) que investiga a compra de 200 respiradores pelo governo de Santa Catarina por R$ 33 milhões com dispensa de licitação. Três pessoas foram ouvidas.A CPI começo...